• Esplicito

    Houthis condenam homossexuais a morte por Crucificação, Apedrejamento, e flagelação pública

    14 GIU 2024 · Os rebeldes houthis, do Iêmen, condenaram à morte nove pessoas acusadas de sodomia, com penas que incluem crucificação e apedrejamento, denunciou a organização não governamental (ONG) Human Rights Watch (HRW).Além das penas de morte, os houthis - que controlam parte significativa do país - condenaram 23 homens à prisão e aplicaram penas que vão até os dez anos. Três deles serão submetidos à flagelação pública.O grupo armado rebelde houthi assumiu o controle da capital do Iêmen, Sana, em setembro de 2014, provocando a fuga do governo iemenita que é reconhecido pela comunidade internacional.De acordo com o Monitor Euro-Mediterrâneo dos Direitos Humanos, os tribunais houthis condenaram 350 pessoas à morte na última década e 11 já foram executadas.“Para encobrir sua brutalidade, os houthis acusam as pessoas de atos imorais, especialmente aqueles que se opõem” ao regime, disse Jafarnia.Além disso, a ONG documentou violações graves cometidas por governos do Oriente Médio e do Norte da África contra homossexuais, bissexuais e transgênero (LGBT+) ao utilizarem “fotos digitais, conversas e informações semelhantes obtidas de forma ilegal” para condená-los.
    1 min. 38 sec.
  • Dica de Filme: Priscilla, a Rainha do Deserto

    14 GIU 2024 · Em 1994, o mundo conheceu "Priscilla, a Rainha do Deserto", um filme australiano que se tornaria um marco na representação LGBTQIA+ no cinema. A história segue a jornada de duas drag queens, Tick/Mitzi (Hugo Weaving) e Adam/Felicia (Guy Pearce), e uma mulher trans, Bernadette (Terence Stamp), que embarcam em uma aventura a bordo de um ônibus apelidado de Priscilla, rumo a um show no coração da Austrália.A narrativa, além de divertida e extravagante, aborda temas como preconceito, autoaceitação e a importância da amizade. Ao longo da viagem, o trio enfrenta o conservadorismo e a homofobia de algumas cidades interioranas, mas também encontra acolhimento e apoio em lugares inesperados.A importância de "Priscilla" para a comunidade LGBTQIA+ é inegável. O filme foi um dos primeiros a apresentar personagens queer de forma tridimensional e complexa, indo além dos estereótipos e caricaturas comuns na época. A jornada de Tick, Adam e Bernadette é uma metáfora para a busca por identidade e aceitação, algo com que muitos membros da comunidade se identificam.Além disso, "Priscilla" trouxe visibilidade para a cultura drag e para a realidade das pessoas trans, temas que ainda eram pouco explorados no cinema mainstream. A estética colorida e extravagante do filme, com figurinos icônicos e performances musicais memoráveis, ajudou a quebrar barreiras e a celebrar a diversidade.Mesmo após três décadas de seu lançamento, "Priscilla, a Rainha do Deserto" continua sendo uma obra relevante e inspiradora. O filme nos lembra da importância de lutar por nossos direitos, de celebrar quem somos e de encontrar nossa própria "tribo", mesmo em lugares improváveis. Seja em um ônibus colorido no deserto australiano ou em qualquer outro lugar do mundo, a mensagem de "Priscilla" ecoa: o amor, a amizade e a autoaceitação são as chaves para a felicidade.
    2 min. 38 sec.
  • SBT Altera normas e passa a aceitar casais gays em programa de namoro

    11 GIU 2024 · O Brasil Scenes descobriu que o SBT alterou esta regra na emissora e agora aceita casais homossexuais em um programa de namoro. Atualmente, a emissora exibe o “Match Forte” no “É Tudo Nosso” e exibirá em breve uma nova versão do “Namoro da TV”, no “Programa Silvio Santos”. Ainda não há o conhecimento sobre qual será, mas já da para cravar que, pelo menos um desses programas, passará a ter casais gays entre os participantes.
    56 sec.
  • Amy Winehouse: A Voz Que Ecoa Além do Tempo #AmyForever

    10 GIU 2024 · Amy Jade Winehouse, um nome que ressoa com a mesma intensidade de sua voz marcante, deixou uma marca indelével no mundo da música e na cultura pop. Nascida em Londres, em 14 de setembro de 1983, Amy era uma força da natureza, uma artista cuja paixão e talento transbordavam em cada nota que cantava.Sua jornada musical começou cedo, com influências que iam do jazz ao soul, moldando seu estilo único e inconfundível. Com seu álbum de estreia, "Frank" (2003), Amy conquistou o Reino Unido com sua voz poderosa e letras confessionais. Mas foi com "Back to Black" (2006) que ela alcançou o estrelato internacional, tornando-se um ícone da música contemporânea.As canções de Amy eram verdadeiros hinos de amor, perda e superação, cantadas com uma sinceridade crua que tocava o coração de milhões. Sua voz, rouca e cheia de emoção, era capaz de transmitir a dor e a beleza da vida de uma forma que poucos artistas conseguem.No entanto, a vida de Amy também foi marcada por turbulências. Seus relacionamentos conturbados e a luta contra o vício em drogas foram amplamente divulgados pela mídia, criando uma imagem complexa e controversa da artista. Mas, apesar dos desafios, Amy nunca deixou de criar música e expressar sua verdade através de sua arte.Em 23 de julho de 2011, o mundo perdeu Amy Winehouse prematuramente, aos 27 anos. Sua morte foi um choque para fãs e admiradores, mas seu legado musical continua vivo e inspirando novas gerações de artistas.O Legado de Amy WinehouseA importância de Amy Winehouse para a música pop é inegável. Sua voz única, suas composições honestas e sua personalidade marcante a tornaram uma figura icônica e influente. Ela quebrou barreiras e desafiou convenções, abrindo caminho para outras artistas femininas que se recusavam a se encaixar em moldes pré-estabelecidos.Amy também se tornou um símbolo para a comunidade LGBTQIA+. Suas letras, que falavam abertamente sobre amor e sexualidade, ressoaram com muitos membros da comunidade, que se identificavam com sua luta por autenticidade e liberdade. Sua música se tornou uma trilha sonora para a luta por igualdade e aceitação, e sua figura, um ícone de representatividade e empoderamento.Amy Winehouse e a Rádio OrgulhoA Rádio Orgulho se orgulha de celebrar a vida e o legado de Amy Winehouse. Sua música é uma parte importante da nossa programação, e sua história de vida, uma inspiração para todos que lutam por seus sonhos e pela liberdade de ser quem são.Amy Winehouse foi muito mais do que uma cantora, ela foi uma voz para os marginalizados, um símbolo de resistência e uma artista que deixou um legado eterno na música e na cultura pop. Sua música continua a nos emocionar e inspirar, e seu espírito livre e rebelde continua a ecoar em nossos corações.
    3 min. 9 sec.
  • Allek Porto Fala de Novos Projetos para 2024

    8 GIU 2024 · veja tambem no Youtube
    6 min. 26 sec.
  • 1 min. 59 sec.
  • Programa incentiva emprego para a população LGBTQIA+ terão investimento de R$ 8,5 milhões

    3 GIU 2024 · O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania anunciou programas para garantir a dignidade e a inserção no mercado de trabalho de pessoas LGBTQIA+.São eles: Acolher+, para a população e situação de rua ou que foi expulsa de casa; o Bem Viver+, de enfrentamento e combate à violência; e Empodera+, para capacitação e geração de renda.A secretária nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+, Symmy Larrat, explicou que este é o início de uma jornada que possibilitará a construção de uma política nacional de direitos das pessoas LGBTQIA+. 
    2 min. 26 sec.
  • TGEU (Trangender Europe) lança Mapa de Direitos Trans 2024 que revela polarização nos direitos trans na Europa e na Ásia Central

    3 GIU 2024 · Hoje, o TGEU (Trans Europe and Central Asia) lança a sua atualização anual do https://transrightsmap.tgeu.org/home/ , que documenta a situação jurídica das pessoas trans na Europa e na Ásia Central.Os dados deste ano mostram polarização nas proteções legais para pessoas trans. Há progressos contínuos em muitos países, embora menos em comparação com 2023, e algumas regressões alarmantes noutros, o que exige atenção. O TGEU aplaude as ações dos estados que melhoraram a proteção e os direitos humanos das pessoas trans em 2024, especialmente a Grécia , que fez bons progressos este ano, e a Islândia , que liderou a classificação pelo segundo ano consecutivo . No entanto, a Rússia é um exemplo particularmente preocupante de um país onde os direitos humanos das pessoas trans sofreram uma erosão significativa no último ano. A https://tgeu.org/tgeu-deeply-concerned-by-russian-ban-of-medical-and-legal-transition/ é mais uma escalada no ataque à comunidade trans na Rússia e aos territórios ocupados pela Rússia na Ucrânia.  Veja a estatística completa no : https://tgeu.org/tgeus-trans-rights-index-map-2024-reveals-polarisation-in-trans-rights-in-europe-and-central-asia/
    1 min. 24 sec.
  • Camila Miss, Fala Da Criação do Óscar LGBTQIAPN+ Goiás

    2 GIU 2024 · Instagram: https://www.instagram.com/oscarlgbtqiapngoias/ Instagram: https://www.instagram.com/camillamissmundo/
    47 min. 15 sec.
  • Máquinas automáticas de remédios contra HIV serão lançadas em SP

    30 MAG 2024 · Máquinas automáticas que disponibilizam remédios profiláticos para HIV serão lançadas nesta quinta-feira pela prefeitura de São Paulo. Como elas vão funcionar: as pessoas interessadas em pegar os remédios na máquina passarão primeiro por teleconsultas no aplicativohttps://e-saudesp.prefeitura.sp.gov.br/ e após o atendimento, a equipe médica vai disponibilizar a receita médica com um QR Code, este código será lido pela máquina que só então irá liberar o medicamento prescrito.Esses remédios são importantes no combate ao virus HIV, além de outros métodos de prevenção  já existentes, como por exemplo o uso de preservativos nas relações sexuais.Os remédios de prevenção do HIV são conhecidos como PreP, de prevenção pré exposição e PEP, de prevenção pós exposição. O Prep é um remédio que é tomado continuamente, recomendado para pessoas que tem maior chances de entrar em contato com o virus HIV e caso a pessoa tenha exposição ao vírus, o remédio não permite que o virus se instale no organismo. Já o PEP é tomado de forma emergencial quando a pessoa teve contato com o HIV, nesse caso é necessário que a pessoa tome o remédio o quanto antes, de preferência, em até 72 horas após o contato com o vírus.Essas máquinas serão lançadas na Feira Cultural da Diversidade LGBT+ no Memorial da América Latina na zona Oeste da capital paulista. No dia 2 de Junho, dia da Parada LGBT+, as máquinas estarão disponíveis no Parque Mario Covas, próximo ao Metrô Trianon. Além dessas máquinas, equipes da Secretaria Municipal da Saúde estarão distribuindo preservativos e gel lubrificantes e oferecendo testagens para HIV e sífilis. Audio Rádio Agencia
    1 min. 40 sec.

https://www.orgulhoradio.com.br/ Somos a Rádio Orgulho, a sua nova estação de rádio feita por e para a comunidade LGBTQIA+!Acreditamos que a música e o entretenimento têm o poder de unir as...

mostra di più
https://www.orgulhoradio.com.br/

Somos a Rádio Orgulho, a sua nova estação de rádio feita por e para a comunidade LGBTQIA+!Acreditamos que a música e o entretenimento têm o poder de unir as pessoas, celebrar a diversidade e amplificar as vozes que muitas vezes são silenciadas.Na Rádio Orgulho, você vai encontrar:
  • Música de artistas LGBTQIA+ de todos os gêneros e estilos: Damos prioridade aos nossos talentos locais, mas também trazemos para você o melhor da música nacional e internacional que representa a nossa comunidade.
  •  
  • Clássicos LGBTQIA+: Relembre as músicas que marcaram a história da luta pelos direitos LGBTQIA+ e cante junto com a gente!
  •  
  • Notícias e informações relevantes para a comunidade: Mantenha-se atualizado sobre os últimos acontecimentos que afetam a nossa comunidade e participe de debates importantes.
  •  
  • Programas de entretenimento com apresentadores LGBTQIA+: Diversão garantida com entrevistas, humor, concursos e muito mais!
Nossa logo, uma seta rosa, é um símbolo poderoso:
  • Representa a resistência e a luta da comunidade LGBTQIA+ contra a opressão e a discriminação.
  •  
  • É um símbolo de orgulho e visibilidade: celebramos nossa identidade e existimos com orgulho!
  •  
  • É um convite à ação: junte-se a nós na luta por um mundo mais justo e igualitário para todos!
A Rádio Orgulho é muito mais que uma estação de rádio:
  • É um espaço de acolhimento e pertencimento: Aqui você se sentirá seguro e aceito por quem você é.
  •  
  • É um lugar para celebrar a nossa cultura e diversidade: A música, a arte e a comunidade LGBTQIA+ são ricas e vibrantes, e queremos compartilhar isso com o mundo.
  •  
  • É uma ferramenta para a mudança social: Através da música, do diálogo e da informação, podemos promover a igualdade e o respeito à diversidade.
Junte-se a nós na Rádio Orgulho!
A Rádio Orgulho: A voz da nossa comunidade!
mostra meno
Contatti
Informazioni

Sembra che non tu non abbia alcun episodio attivo

Sfoglia il catalogo di Spreaker per scoprire nuovi contenuti

Corrente

Sembra che non ci sia nessun episodio nella tua coda

Sfoglia il catalogo di Spreaker per scoprire nuovi contenuti

Successivo

Copertina dell'episodio Copertina dell'episodio

Che silenzio che c’è...

È tempo di scoprire nuovi episodi!

Scopri
La tua Libreria
Cerca