Copertina del podcast

Fala Goes

  • Evanio Prestini estará no banco dos réus depois de cinco anos após se envolver em acidente que matou duas jovens

    18 GIU 2024 · Cinco anos depois do acidente que tirou a vida de duas jovens na BR-470, em Gaspar, o motorista apontado como responsável pela colisão sentará no banco dos réus nesta semana. Evanio Prestini estava bêbado ao volante de um Jaguar quando bateu de frente contra um Palio. Ele é acusado do homicídio doloso de Suelen Hedler da Silveira e Amanda Grabner Zimmermann. Responde ainda por tentativa de homicídio contra as outras três garotas que estavam no carro com as vítimas fatais. O empresário de Guaramirim chegou a ficar preso por cinco meses, mas está solto desde junho de 2019.  Nesta quarta-feira (19), Evanio vai a júri popular no Fórum de Gaspar. O julgamento deve durar dois dias. Foram convocadas para depor em plenário as três vítimas sobreviventes e 10 testemunhas chamadas pelas partes. No entanto, tanto a defesa como o Ministério Público podem manifestar desistência da oitiva de testemunhas de forma antecipada ou no próprio dia do julgamento. O réu será interrogado por último, mas não existe a obrigatoriedade de ele comparecer ao Fórum. E mesmo se ele não for, o julgamento acontecerá normalmente.  Ele foi pronunciado por dois homicídios e três tentativas de homicídio, além de dirigir embriagado. A acusação defende que houve homicídio e tentativa de homicídio com dolo eventual, que ocorre quando o agente não quer atingir certo resultado, mas assume o risco de produzi-lo. Na outra ponta, a defesa sustenta homicídio culposo no trânsito ou ainda inexistência de responsabilidade por ser um acidente. Conforme especialistas  caso haja condenação, se for acatada a tese da acusação, a pena deve ficar em torno de 10 anos de prisão. Se a tese da defesa for acatada, a pena pode ficar entre dois e seis anos. Para Prestini sair preso do plenário do júri, de acordo com advogados, é preciso que a pena de Evanio ultrapasse os 15 anos, conforme artigo 492, do Código de Processo Penal. Outra possibilidade para ele sair do Fórum direto para a cadeia é caso ele tenha novamente decretada a prisão preventiva, medida aplicada quando há suspeita de fuga, ameaças a testemunhas ou dificultar o andamento do processo. Fora essas duas hipóteses, ele deve receber o direito de recorrer em liberdade.
    Ascoltato 2 min. 18 sec.
  • Tradicional padari Kibaguetti fecha suas portas em Blumenau. Escola rifa porco e coelho

    17 GIU 2024 · Depois de 30 anos atuando no Bairro Garcia em Blumenau a tradicional padaria Kibaguetti fechou suas portas. Esse é um dos assuntos desses post que traz ainda: para arrecadar fundos, escola de Blumenau rifa porco, coelho e outros itens de "Fazendinha". 
    Ascoltato 2 min. 21 sec.
  • Dupla de motociclistas tenta matar irmãos em Blumenau

    17 GIU 2024 · Essa e as seguintes notícias você confere neste post: prefeitura de Blumenau retorna com cirurgias eletivas e Guarda Municipal realiza blitz nas ruas da cidade. 
    Ascoltato 2 min. 30 sec.
  • Remarcação de divisa com o Paraná pode adicionar 490 hectares ao território de Santa Catarina

    13 GIU 2024 · Descoberta de seis marcos históricos em propriedade rural paranaense dá início a possível alteração do mapa da região Norte do Estado de Santa Catarina
    Ascoltato 3 min.
  • Fesporte terá que prestar explicações à Alesc por falta de árbitros no Parajasc

    5 GIU 2024 · Os problemas com a falta de arbitragem nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) pautaram os trabalhos da Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 4, durante as atividades itinerantes, em Joinville. Na ocasião, os deputados estaduais cobraram explicações da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) sobre o impasse, que culminou com o adiamento das disputas do atletismo e da bocha paralímpica. O Parajasc aconteceu entre os dias 27 de maio e 1º de junho, na cidade de Blumenau. Durante a reunião da Comissão de Esporte e Lazer, os parlamentares aprovaram dois requerimentos, um com pedido formal de informações e outro para a realização de audiência pública, com data ainda a definir, propostos pelos deputados Napoleão Bernardes (PSD) e Fernando Krelling (MDB), respectivamente. “Trata-se de uma pronta resposta da Alesc a essa situação vergonhosa, que prejudicou mais de 700 paratletas”, afirmou Bernardes. De acordo com ele, a medida tem como objetivo reunir a maior gama possível de informações para compreender a cronologia dos fatos e identificar a raiz do problema. “Certamente, a negociação com os árbitros já vinha se arrastando há um tempo. Então, é inacreditável que a Fesporte tenha resolvido adiar essas modalidades com os atletas já em Blumenau. Estamos falando de pessoas com deficiências física, auditiva, intelectual e visual, muitas delas vindas de cidades bem distantes. No mínimo, faltou bom senso, responsabilidade e respeito com elas”, destacou. Além de identificar as falhas que acarretaram o adiamento das modalidades, os parlamentares querem entender quais ações a Fesporte está adotando para viabilizar as disputas pendentes e compensar os prejuízos financeiros. “Esses atletas se prepararam muito para competir, por isso, estamos cobrando que haja agilidade na realização efetiva das respectivas provas. Também esperamos respostas sobre os recursos que foram gastos à toa com deslocamento, hospedagem e alimentação. O dinheiro público precisa ser gerido com a máxima eficiência e, infelizmente, por conta dessa desorganização absurda, teremos gastos adicionais”, assinalou Napoleão. Audiência Pública Como medida complementar ao pedido de informações, a audiência pública deverá reunir deputados e representantes do Governo do Estado, do Tribunal de Justiça Desportiva, do Conselho Estadual de Esportes e das Federações Catarinenses de Atletismo e Bocha. A data e o local ainda serão definidos pela Assembleia Legislativa.
    Ascoltato 1 min. 55 sec.
  • Com atletas já em Blumenau, modalidade do Parajasc é adiada por falta de árbitros

    30 MAG 2024 · Após criticar amadorismo, deputado Napoleão Bernardes promete providências contra o Estado Em comunicado emitido na quinta-feira, 30, o Governo do Estado anunciou o adiamento das disputas do atletismo nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) 2024. E o motivo é inusitado: falta de arbitragem. A notícia pegou de surpresa e frustrou as expectativas de centenas de atletas de todas as regiões, que já estavam prontos para entrar na pista, em Blumenau, cidade que sedia a competição. De acordo com a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), não há previsão de nova data para realização das provas. Após tomar ciência sobre a decisão, o deputado estadual Napoleão Bernardes (PSD) ressaltou que levará o tema para debate na Assembleia Legislativa. "Esses paratletas se prepararam para esse momento, viajaram muitos quilômetros e acabaram tendo seus sonhos virando um pesadelo. São pessoas com deficiências física, auditiva, intelectual e visual. Esse despreparo da Fesporte é inaceitável". Para o parlamentar, o Governo do Estado deve explicações imediatas à sociedade. "O esporte catarinense jamais havia presenciado tamanho amadorismo. Portanto, tomarei todas as providências necessárias para identificar responsabilidades e cobrar as medidas de reparo aos prejuízos morais e financeiros. Essa barbaridade não passará em branco".
    Ascoltato 2 min. 4 sec.
  • Maio Amarelo em Blumenau: programação promete surpresas nas ruas da cidade

    18 MAG 2024 · Prossegue até o final do mês a programação do Maio Amarelo que visita incitar a paz no trânsito entre os motoristas. Mais de 40 atividades estão previstas para acontecerem na cidade em alusão ao mês. Uma das novidades deste ano é o programa permanente de educação para o trânsito nas escolas municipais. O intuito é preparar os jovens para serem condutores responsáveis.Mas surpresas visando impactar os motoristas estão previstas nas ruas da cidade.
    Ascoltato 6 min. 46 sec.
  • Sessão Itinerante da Assembléia Legislativa homenageia Rede Cooper pelos 80 anos de fundação

    13 MAG 2024 · Na última semana, o Parlamento catarinense homenageou, com moções de aplauso, empreendedores da região do Vale do Itajaí, durante a primeira etapa do programa Alesc Itinerante, em Blumenau. As honrarias foram entregues a representantes da Rede Cooper, pelos 80 anos de fundação, e da Laticínios Pomerode, empresa que fabrica queijos premiados em concursos no Brasil e no exterior.
    Ascoltato 2 min. 30 sec.
  • Sessões itinerantes da Assembléia em Blumenau foi histórico. Presidente Mauro de Nadal faz balanço

    11 MAG 2024 · O presidente da Assembleia, deputado Mauro De Nadal (MDB), fez um balanço positivo da primeira edição do Programa Alesc Itinerante, realizado nesta semana em Blumenau, no Vale do Itajaí. Durante dois dias (terça e quarta), os deputados estaduais realizaram reuniões de comissões e sessões ordinárias em Blumenau, além de abrirem espaço para manifestações de entidades da região. A reportagem é de Kadu Reis da Acaert (Associação Catarinense de Rádio e Televisão).
    Ascoltato 5 min.
  • Tragédia climática no RS já soma 75 vítimas fatais e 103 desaparecidos

    6 MAG 2024 · https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/geral Tragédia climática no RS já soma 75 vítimas fatais e 103 desaparecidosCerca de 9.700 pessoas foram resgatadas com vida pelas Forças Armadas -   - https://api.whatsapp.com/send?text=Trag%C3%A9dia+clim%C3%A1tica+no+RS+j%C3%A1+soma+75+v%C3%ADtimas+fatais+e+103+desaparecidos+%7C+Radioag%C3%AAncia+%7C+Radioag%C3%AAncia+%7C+https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fradioagencia-nacional%2Fgeral%2Faudio%2F2024-05%2Ftragedia-climatica-no-rs-ja-soma-75-vitimas-fatais-e-103-desaparecidos -   - https://facebook.com/sharer.php?u=https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fradioagencia-nacional%2Fgeral%2Faudio%2F2024-05%2Ftragedia-climatica-no-rs-ja-soma-75-vitimas-fatais-e-103-desaparecidos&t=Trag%C3%A9dia+clim%C3%A1tica+no+RS+j%C3%A1+soma+75+v%C3%ADtimas+fatais+e+103+desaparecidos+%7C+Radioag%C3%AAncia -   - https://twitter.com/intent/tweet?url=https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fradioagencia-nacional%2Fgeral%2Faudio%2F2024-05%2Ftragedia-climatica-no-rs-ja-soma-75-vitimas-fatais-e-103-desaparecidos&text=Trag%C3%A9dia+clim%C3%A1tica+no+RS+j%C3%A1+soma+75+v%C3%ADtimas+fatais+e+103+desaparecidos+%7C+Radioag%C3%AAncia -   - http://www.linkedin.com/shareArticle?url=https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fradioagencia-nacional%2Fgeral%2Faudio%2F2024-05%2Ftragedia-climatica-no-rs-ja-soma-75-vitimas-fatais-e-103-desaparecidos&summary=Trag%C3%A9dia+clim%C3%A1tica+no+RS+j%C3%A1+soma+75+v%C3%ADtimas+fatais+e+103+desaparecidos+%7C+Radioag%C3%AAncia -   Publicado em 05/05/2024 - 13:36 Por Carolina Pessoa - Rio de Janeiro O número de vítimas fatais durante a tragédia climática no Rio Grande do Sul já chegou a 75, de acordo com o último boletim da Defesa Civil estadual. As autoridades ainda investigam se seis óbitos têm relação com as chuvas e há 103 pessoas oficialmente desaparecidas. Os temporais atingiram mais de 330 cidades, o que equivale a quase 70% dos municípios do estado. O número de pessoas afetadas já passa de 780 mil, com quase 17 mil desabrigados e mais de 88 mil desalojados. Cerca de 9.700 pessoas foram resgatadas com vida por agentes das Forças Armadas. As chuvas atingem o Rio Grande do Sul desde a última segunda-feira, ocasionando deslizamentos de terra, inundações e quedas de barreiras. Esta já é a maior tragédia climática do Estado. Na cidade de Canoas, mais de 11 bairros foram evacuados. Entre os locais atingidos está o Hospital de Pronto Socorro da cidade, que precisou de ajuda de militares do Exército e servidores da Defesa Civil para concluir a evacuação.No município de São Leopoldo, o Rio dos Sinos, que corta a cidade, atingiu mais de 8m, ultrapassando em mais de 1 metro a cota de inundação da cidade.Em Porto Alegre o prefeito Sebastião Melo pediu que a população racione água. Com a elevação no nível do Guaíba quatro das seis estações de tratamento do Departamento Municipal de Água e Esgotos estão inoperantes.Cerca de 130 trechos em mais de 60 rodovias foram interrompidos de forma total ou parcial, incluindo estradas inundadas ou bloqueadas por deslizamentos de terras e pontes submersas ou destruídas. Para aumentar o nível de prevenção, as pessoas podem se cadastrar para receber alertas meteorológicos da Defesa Civil estadual. Para isso, é necessário enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Também é possível se cadastrar via aplicativo Whatsapp. Para ter acesso ao serviço, é necessário se registrar pelo telefone DDD 61 número 2034-4611 Fonte: Agência Brasil
    Ascoltato 2 min. 6 sec.
Sou locutor há 40 anos em Blumenau. Atualmente trabalho na Rádio Massa FM de Blumenau e mantenho o portal falagoes.com. Também sou jornalista, blogueiro e podcaster.
Contatti
Informazioni

Sembra che non tu non abbia alcun episodio attivo

Sfoglia il catalogo di Spreaker per scoprire nuovi contenuti

Corrente

Copertina del podcast

Sembra che non ci sia nessun episodio nella tua coda

Sfoglia il catalogo di Spreaker per scoprire nuovi contenuti

Successivo

Copertina dell'episodio Copertina dell'episodio

Che silenzio che c’è...

È tempo di scoprire nuovi episodi!

Scopri
La tua Libreria
Cerca